"A Residência Espanhola" abre sexto ciclo de cinema da Aliança Francesa de Luanda

Ferramentas

O sexto ciclo de cinema da Aliança Francesa de Luanda abre na quarta-feira, dia 7 de Setembro, na Mediateca de Luanda, com a exibição do filme "A Residência Espanhola", que espelha as diferenças culturais na Europa e retrata a evolução e o amadurecimento de um jovem que lida com muitas mudanças na sua vida.

Tendo como cenário Barcelona, a história acompanha o destino de Xavier, um estudante de Economia que viaja através de um programa de intercâmbio popular na Europa, o Erasmus. De acordo com uma nota enviada ao ONgoma News, “A Residência Espanhola” tornou-se um filme de culto para os estudantes Erasmus, pelo que mostra bem como se constrói este pequeno mundo, grupos à parte unidos pela mesma experiência de desenraizamento, pela ocasião extraordinária de aprendizagem prática da vida e pelo tumulto que se vive num apartamento com estudantes de origens e idiomas diferentes.

Mais conhecido por “A Residência Espanhola” e pela continuação deste, “Bonecas Russas”, de 2005, o francês Cédric Klapisch já é um cineasta de carreira sólida, tendo dirigido 15 filmes desde a sua estreia, em 1986, com In Transit. Grande observador dos jovens, Klapisch já havia demonstrado essa sua capacidade em 1994, ao realizar o filme "Idade Perigosa", refere a nota onde se sublinha que para ele "as coisas simples tornam-se de repente mágicas e, o mais interessante é que as suas lentes captam esse universo da juventude moderna com um bom humor contagiante".

O filme será exibido com legendas em português e a entrada será grátis. Os interessados podem assistir ao trailer neste link.